Perguntas frequentes

P: Quais os tipos de Pós-Graduação que são oferecidos pelo Programa?
R: Mestrado Acadêmico em Matemática.

P: O curso de Pós-Graduação é pago?
R: Não, ele é gratuito.

P: A inscrição para o Processo Seletivo do curso de Pós-Graduação é paga?
R: Não, ela é gratuita.

P: O curso de Mestrado exige dedicação em tempo integral?
R: O aluno deve ter disponibilidade de tempo para frequentar as disciplinas, desenvolver atividades em laboratórios, participar de seminários, reuniões de supervisão e elaborar sua dissertação ou tese. Aos bolsistas exige-se tempo integral, conforme resoluções das agências de fomento que concedem as bolsas.

P: Quais os horários em que as disciplinas são ministradas?
R: Normalmente entre 13:00 e 18:00 horas. São dependentes de vários fatores que ocorrem ao longo do curso: disponibilidade dos professores, demanda dos alunos, disponibilidade de espaço físico etc., o que permite somente o planejamento semestral do quadro de horários.

P: Tem bolsa de estudos? Quantas?
R: Sim. Atualmente o Programa possui 10 bolsas CAPES-DS, as quais são distribuídas levando-se em conta a classificação final obtida pelo candidato, a disponibilidade do programa, a data de obtenção do grau e a dedicação integral ou não do candidato ao Programa. Candidatos com desempenho excepcional, conforme descrito no edital, poderão ser agraciados com bolsas ao fim da primeira etapa do Processo Seletivo.

P: Como é o Processo Seletivo para ingresso no curso de Mestrado?
R: O Processo Seletivo do Programa é anual, com divulgação do edital de seleção no segundo semestre de cada ano. Todas as informações sobre os requisitos, data de inscrição, provas, vagas, etc, são divulgadas através desse edital, estando o mais recente disponível nesta página como referência.

P: O Programa oferece curso em fins de semana?
R: O curso de Mestrado é oferecido dentro do calendário acadêmico anual da instituição. As aulas e outras atividades são distribuídas ao longo de todo o ano, possibilitando ao aluno uma convivência com um grupo de pesquisa onde o mesmo desenvolverá sua dissertação. Este modelo, que é o recomendado pela Capes, é incompatível com cursos feitos de forma concentrada em período de férias ou em finais de semana.

P: Preciso procurar antecipadamente um professor orientador?
Não. O aluno pode, ao longo do primeiro ano de curso, optar pela área e professor orientador, de acordo com a concordância e disponibilidade do docente.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910